ontent='text/html; charset=iso-8859-1' http-equiv='Content-Type'/> Piece of me ∞: Março 2013

domingo, 31 de março de 2013


Eu largo tudo tudo, pra poder te ver 
e se eu não te vejo, morro em desejos.
meu dia fica cinza longe de você, longe de você.
você foi feita pra mim, e eu fui feito pra você.
você nasceu pra me amar, e eu nasci pra te querer.
nós somos estrela e céu,noite e luar.
nós somos abelha e o mel,amor eu amo te amar. ♪ 

sábado, 30 de março de 2013

Tanta vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço.
Fiquei feliz em poder sentir tua falta, - a falta mostra o quão necessitamos de algo/alguém. É assim o nosso ciclo. Eu te preciso. Perto, longe, tanto faz. Preciso saber que tu está bem, se respira, se comeu ou tomou banho - com o calor que está fazendo neste verão, tome pelo menos uns três ao dia, e pense em mim, estou com calor também. Me faz bem pensar nessas atividades corriqueiras, que supostamente você está fazendo. Ah, e eu estou te esperando, com meu vestido longo, óculos escuros grandes e meu coração pulsando forte, e te abraçar até sentir o mundo girar apenas para nós. É, eu gosto muito de ti.





Imagine nós dois, eu e você, daqui a alguns anos, morando juntos. Não precisaríamos ser namorados, nem casados, nem nada disso. Apenas amigos. E nós seriamos felizes, eu e você. Fotos de nós dois estariam espalhadas pela casa. Fotos suas no meu quarto, fotos minhas no seu quarto. Mas nós dormiríamos juntos. Pelo simples fato de eu te querer por perto, e você me querer também. Pelo simples fato do seu quarto estar bagunçado de mais e a minha cama ser perfeita para nós dois. Eu teria medo do escuro, sem você. E eu andaria apenas com roupas íntimas, e você fingiria não se importar. E eu fingiria acreditar. Eu fugiria de você, correndo pela casa, rindo, com o controle da televisão, só pra você não mudar o canal. E você me pegaria, e ficaríamos abraçados até o silêncio nos constranger. Nossos sábados a noite seriam nostálgicos, olharíamos todos tipos de filme, atiraríamos pipocas um no outro e pediríamos uma pizza. Nostálgicos e perfeitos, porque depois dormiríamos abraçados, no sofá da sala, ao som da melodia dos créditos de um filme de romance em que eu choraria do começo ao fim, e você riria de mim e comigo. Iríamos ao supermercado uma vez por mês, comprar as mais diversas porcarias. E não nos faltaria nada. Você não se importaria com as minhas roupas espalhadas pela casa e pelo seu quarto. Eu não me importaria com a sua bagunça diária, nem com a sua toalha de banho atirada pelos cantos. Nos domingos à tarde, ficaríamos na sacada do nosso apartamentinho no 3º andar, tomando coca e cantando músicas velhas. Olharíamos as pessoas lá em baixo, casais apaixonados, e ficaríamos em silêncio, perdidos nos nossos próprios pensamentos. Suas amigas viriam te visitar, e eu choraria em silêncio, no escuro do meu quarto. Até elas irem embora e você ir dormir comigo, e perguntar se chorei. Eu negaria. Você acreditaria. Me acordaria no meio da noite, para contar um sonho que teve. E nós riríamos juntos. Me acordaria com café na cama, ou com uma rosa roubada do jardim da casa vizinha. Eu deixaria um recado sutil de amor na porta da geladeira antes de sair na segunda de manhã para visitar meus pais. Poderíamos até ter um cachorro. Poderíamos juntos, levar ele para passear. E você decidiria pintar a casa, e ela ficaria vazia, apenas com nós dois e nosso cachorro. Deitaríamos no chão, e eu perguntaria em que você estaria pensando. Você mentiria e me perguntava o mesmo. Eu mentiria. Eu iria para a universidade todo dia de manhã, enquanto você ia para seu trabalho de meio turno em uma empresa de sucesso. Você me amaria, em silêncio. Eu também te amaria, em silêncio. Em alguns anos, eu estaria me formando , e você estaria no topo da carreira. E você me levaria pra jantar e me pediria em casamento. Eu aceitaria. E seria uma linda história de amor.

Carol Oliveira

quarta-feira, 27 de março de 2013

Eu gosto de pessoas simples que me tiram sorrisos bobos.



'' Um dia eu pensei que nunca te esqueceria , que sempre que lembrasse de ti eu iria encher os olhos de lágrima , pensei que a vontade de te abraçar não passaria , nem a mania de fuçar nas suas redes sociais e ver com quem você estaria , mas sabe o tempo foi passando , novidades foram aparecendo e eu aos poucos fui me reerguendo , me renovando , e não é que isso teve fim , alias um fim muito bonito que além de não deixar saudade , me fez crescer e muito ''

Amigas-irmãs

segunda-feira, 25 de março de 2013



Eu seria capaz de fazer tudo de novo, tudo exatamente igual.. Eu aprendi a dar valor de uma das piores maneiras possíveis, mas hoje sou a pessoa mais feliz do mundo. Eu só tenho a agradecer por tudo, não tenho palavras que possam descrever o quanto eu sou grata por ter você na minha vida. Não existe nada do mundo, que eu faça, que possa demonstrar o tamanho do meu amor por você! A gente se entende mais que ninguém e eu sei que uma não vive sem a outra. Vai ser sempre assim, eu sei. Eu não consigo me imaginar sem você, nada que eu faça tem sentido algum se você estiver longe de mim. Pensávamos que tal acontecimento iria ser a pior coisa, mas foi o melhor que já pudesse ter acontecido. Nos juntamos, e hoje, nada e nem NINGUÉM separa. Não me canso nunca de dizer o quanto eu te amo bff, o quanto você é importante pra mim e o quanto você é essencial na minha vida. Obrigada por me aguentar quando eu sou a pior pessoa do mundo, por me ajudar a concertar erros, por me ensinar o valor que UMA amiga tem em nossa vida e principalmente, obrigada por ser minha amiga. Sou capaz de tudo por você, mas tudo mesmo e você sabe que se precisar de mim eu vou fazer o impossível pra te ajudar. A minha felicidade depende da sua. 

Eu te amo mais que tudo Bruna Carvalho 

Existe apenas uma idade para sermos felizes, apenas uma epoca da vida de cada pessoa em que é possível sonhar, fazer planos e ter energia suficiente para os realizar apesar de todas as dificuldades e todos os obstáculos. Uma só idade para nos encantarmos com a vida para vivermos apaixonadamente e aproveitarmos tudo com toda a intensidade, sem medo nem culpa de sentir prazer. Fase dourada em que podemos criar e recriar a vida à nossa propria imagem e semelhança, vestirmo-nos de todas as cores, experimentar todos os sabores e entregarmo-nos a todos os amores sem preconceitos nem pudor. Tempo de entusiasmo e coragem em que toda a disposição de tentar algo de novo e de novo quantas vezes for preciso. Essa idade tão fugaz na nossa vida chama-se presente e tem a duração do instante que passa..



sábado, 23 de março de 2013


Quando tiver que ir pra bem longe, vá!
Leve um beijo meu.
A distância nunca apagará o que não se esqueceu ♪ 


E, obviamente, você
também não
imaginava que estaria
comigo hoje. Você
também não sabia
que nós dois iriamos
nos cruzar depois de
alguns meses, muito
menos imaginava que
duraríamos mais do
que algumas
semanas. Mas
duramos.
Obviamente, você
jamais imaginou,
assim como eu, que
passaria por tudo isso
novamente… Digo,
toda essa história de
gostar de alguém
novamente, mas
aconteceu. Nós não
esperávamos,
engraçado, né? Espero
que esteja dando
certo, espero que eu
esteja te fazendo
feliz, espero que eu te
passe confiança, que
te dê uma
saudadezinha assim
de nós dois juntinhos
de vez em quando. Eu
não tenho mais medo
do futuro não, nem do
que ele leve, ou do
que ele traga. Não
tenho mais medo que
ele te leve embora,
porque eu sei, que se
for realmente
verdadeiro, você
ficará.

segunda-feira, 4 de março de 2013


A gente demora demais para se livrar de pesos e culpas. Mas um dia, finalmente, a gente acorda. E descobre que tem uma vida inteirinha pela frente!






Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!